Benjamim Santos

Boi da Parnaíba é tema do novo livro de Benjamim Santos

  • novembro 17, 2019
  • by

Primeira obra escrita e publicada sobre algum folguedo popular de Parnaíba, o livro "Veredas da Meia-Lua: o Boi de São João da Parnaíba", de Benjamim Santos, traz a cultura parnaibana em sua essência. O lançamento da obra acontecerá no dia 29 de novembro, sexta-feira, às 19h30, no Café Concerto do Sesc Caixeiral, em Parnaíba, Piauí. Na noite do evento, haverá também a abertura da Exposição "Boi de São João da Parnaíba", com curadoria de Josenias Silva, que terá início às 18h.
Não há pesquisa, artigo, poesia ou qualquer outro trabalho sobre o assunto. A exceção, relatada no livro, é um pequeno estudo feito por alunas da Escola Normal onde há uma compilação de trechos da morte do Boi e algumas toadas. Mas nada que mostre a história do Boi, sua origem e elementos, apesar do fato de que "tendo o Boi como ponto de partida, pode-se contar a História da cidade", ressalta Benjamim.
Ainda segundo ele, o livro não se trata de um estudo científico sobre o Boi. "Este livro tem como base minhas afinidades com o Boi de São João da Parnaíba: meu afeto por ele, minha sedução; meus olhos grudados nele; minha busca de entendimento de tudo que acontece em cada Batalhão; meu desejo de mergulhar fundo na representação e no mistério do brinquedo", explica.

"Embora haja inúmeros dados objetivos, neste livro, predomina a emoção, com a certeza de que, há muitos anos, entre uma meia-lua e outra, o Boi vem passando por muitas veredas."

O livro tem fotografia de Helder Fontenele, Walter Fontenele e acervo pessoal do autor e de João Batista dos Santos Filho e foi patrocinado por Amostragem - Instituto Piauiense de Opinião Pública.

Sobre o autor 

Benjamim Santos nasceu na cidade de Parnaíba, no Piauí, onde começou sua paixão pelo Boi, que acompanhou durante as décadas de 40 e 50. Na década de 1960, mudou-se para Recife, onde estudou Direito, Filosofia, trabalhou no Teatro Popular do Nordeste. Nos anos 70 foi viver no Rio de Janeiro, onde trabalhou com teatro infantil (o que originou seu livro homônimo) e dirigiu shows de grandes artistas da MPB.
De volta a Parnaíba no começo dos anos 2000, Benjamim cria o Jornal "O Bembém", que edita há mais de 10 anos. E também dá continuidade à sua carreira como escritor. Em maio deste ano, lançou o livro Teatro Infantil, pela Funarte. O retorno à cidade natal também proporcionou a retomada do seu contato com o Boi da Parnaíba, do qual se aproximou ainda mais quando foi Assessor de Cultura do Prefeito entre 2001 e 2004 e depois como Secretário Municipal de Cultura, em 2004, quando teve a oportunidade de coordenar o IV Arraial de São João da Parnaíba e de fazer amizade com donos de boi e brincantes. O livro "Veredas da Meia-Lua: o Boi de São João da Parnaíba" é fruto dessa experiência profissional acrescida das memórias de menino do autor e de leituras, ao longo dos anos, a respeito de brinquedos populares do Nordeste.

Veredas da Meia-Lua: o Boi de São João da Parnaíba – Benjamim Santos 
Edição Amostragem 176 páginas 
Preço de capa: R$ 20 
Formato: 15x21cm 
ISBN: 978-85-9538-071-4 








Índice
    Iniciação
    Presença do Boi
    Bumba-meu-boi
    A Parnaíba e o Boi
    O mês dos arraiais
    O fenômeno das Quadrilhas

    A tradição
    Um auto de várias faces
    Composição do brinquedo
    O enredo
    Vocabulário tradicional
    Personagens de canto e dança
    A Catrevagem
    Amo
    O Faca
    Instrumentos e toque de tambor
    Toadas e repentes
    Representação da morte
    Nomes de Boi
    Meia-lua
    Licença
    Pelas ruas, pelas casas
    A brincadeira
    No meio da noite, os contrários
    Deoclécio e o Boi do Deoclécio
    Três berços, três celeiros
    O Boi na Ilha
    O Boi nos Tucuns
    O Boi no Catanduvas
    Fora dos celeiros
    A Morte em cinquenta

    Ambiente externo
    A Prefeitura
    Três Secretarias
    Parcela de poder
    Campeonato de Bois
    Regulamentos do Campeonato
    Os julgadores
    Bases para critérios de julgamento
    Prêmios e vitoriosos de 2004
    Troféu Simplição
    Prêmios e vitoriosos de 2005
    Prêmios ou incentivo?
    Os políticos e o Boi
    Em Teresina
    Na imprensa
    Intelectuais, tradicionalistas e o Boi
    Projeto Revitalizando o Bumba-meu-boi
    Caprichos e garantias
    Tudo levou a mudanças

    Reviravolta nos currais
    Os Bois no século 21
    O que ficou da tradição
    O que sumiu
    O que pode sumir
    As novidades
    Cordas no toque do Boi
    Mulheres invadem a malhada
    O outras novidades

    O Boi vivo
    Estrutura familiar
    Núcleo comunitário
    Os brincantes
    Dono-de-Boi
    Uma liga
    Ensaios
    Quanto custa um Boi
    Crédito no comércio
    Corrida contra o relógio
    Fardamento
    Arte e artesanato
    Máscaras
    Ele, o Boi (faca)
    Um brinco de muitas danças (faca)
    Boi de meninos
    O Mirim Prateado
    O Boi nos bairros
    Lindo Amor
    Igaraçu
    Novo Vencedor
    Flor do Lírio
    Rei da Boiada
    Novo Fazendinha

    Mortes d’agora
    _________________________________

    Lançamento 29 de novembro, sexta-feira, 19h30 Café Concerto do Sesc Caixeiral 
    Av. Presidente. Getúlio Vargas, 545 – Centro Parnaíba – Piauí CEP: 64200-200 
    Telefone: (86) 3315-8551

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore magna Veniam, quis nostrud exerci tation ullamcorper suscipit lobortis nisl ut aliquip ex ea commodo consequat.

    0 Comments:

    Postar um comentário

    86 99408-1971

    Escreva-me